Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Vereador Leonardo do Sindicato requer melhorias para Escola e construção de Praça no bairro Luiz Eduardo Magalhães.

ByLéo Feitosa

maio 18, 2019

Na sessão ordinária da manhã desta quarta-feira (15/05) da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas-BA, os vereadores aprovaram as proposições do vereador Leonardo Feitoza da Silva, o “Leonardo do Sindicato” (PCdoB). O Pedido de Providência nº 215 de 07 de maio de 2019, que solicita do prefeito municipal que mobilize esforços para fazer a capina e substituição de lâmpadas queimadas dos refletores do campo no fundo da Escola Municipal Vereador Genivaldo Bispo de Oliveira.

E a Indicação nº 210 que requer a construção de uma praça na Rua Fronteira (Praça dos Pneus), localizada no bairro Luiz Eduardo Magalhães.

Leia também!  Prefeitura de Medeiros Neto realiza cerimônia de posse do Programa Despertar, desenvolvido nas escolas do campo.

O campo localizado aos fundos da escola atende a população daquela comunidade durante todo o dia e noite, possibilitando a prática de esportes como fonte de saúde e lazer, por isso, existe a necessidade de realizar os serviços de capina e manutenção de refletores para garantir que os moradores continuem utilizando o espaço de forma segura, principalmente no período noturno.

Quanto à indicação, em sua justificativa legislativa, o vereador Leonardo afirma que, com a construção da praça no espaço ocioso da Rua Fronteira, os moradores da comunidade do bairro Luiz Eduardo Magalhães e demais bairros vizinhos começarão a utilizar o local como opção de lazer. A indicação do vereador contempla um coreto para realização de atividades sociais, playground, jardim, wi-fi liberado, academia ao ar livre, quiosques gastronômicos, toda a estrutura suficiente para fornecer segurança e melhora na qualidade de vida dos moradores. 

Leia também!  Hospital de Medeiros Neto recebe mais de um mil uniformes fruto da parceria entre Prefeitura Municipal, Usina Santa Maria e Corcovado.

 

Fonte: Por Andressa Lima

 

Por: Opinião Pública/ Da Redação/

Faça aqui seu comentário!