• 4 de outubro de 2022 19:51

Vídeo: “O Doutor do Povo? “Moradores do Colina Verde estão há mais de 24 horas na fila da UBS do bairro para marcarem exames. Idosos, mulheres e até crianças pernoitam a espera de senhas de atendimento.

ByLéo Feitosa

dez 1, 2021

A situação vergonhosa em que se encontra a saúde pública no município de Teixeira de Freitas, só se agrava com o passar do tempo, e a aparente incapacidade do gestor municipal o prefeito Marcelo Belitardo, também conhecido como “Doutor do Povo”, em resolver o problema.

Prefeito Marcelo Belitardo, também conhecido como “Doutor do Povo”

Isso porque o problema das filas quilométricas tanto nos postos de saúde, UBSs, Centro de Regulação de Exames, bem como no LACEN- LABORATÓRIO MUNICIPAL DE REFERÊNCIA REGIONAL DE TEIXEIRA DE FREITAS, apesar de não ser novidade dessa ou de outras gestões, infelizmente na atual, tem se tornado vexatória para o gestor, e vergonhosa para “não dizer HUMILHANTE”, para os moradores do bairro Colina Verde, que precisam ficar mais de 24 horas nas referidas filas, para que possam marcarem exames simples, como por exemplo, exames de sangue, fezes e urina.

 

Os fatos!

Há mais de 24 horas na fila da UBS do bairro Colina Verde, homens, mulheres, idosos e crianças, pernoitam na simples expectativa ou mera possibilidade de conseguir uma ficha, assim que a Unidade Básica de Saúde (UBS) abre para o atendimento ao público, por volta das 07:00 Hrs da manhã.

A Redação do Portal Opinião Pública, esteve em visita ao referido posto de saúde (UBS) para conferir de perto os relatos feitos por diversos denunciantes ao nosso contato no WhatsApp, e nas redes sociais, e constatamos que de fato a denúncia procedia.

Leia também!  "Oposição acusa governador Rui Costa de perseguição ao Major Barbosa!" - O PM foi exonerado do Comando da 88ª CIPM, após declarar apoio a candidatura bolsonarista.

Constatamos a presença de mais de 40 moradores do bairro, em sua maioria mulheres, idosos e até crianças, na fila de espera pelas fichas, para marcarem seus exames. 

Salietando que a distribuição de senhas ou fichas, que só deve ocorrer no início da manhã de quarta-feira, 1º de dezembro, sequer será suficiente para atender a demanda de todas as pessoas ali presentes.

Com base nos relatos que ouvimos das pessoas na fila, se tiverem 5 senhas por dia, apenas 3 serão entregues.

Sendo assim quem não conseguir marcar seus exames, é obrigado a vir no dia seguinte, e recomeçar toda a “Via Crucis” novamente, e assim tem sido desde o início do ano!

Isso só ocorre no bairro Colina Verde? 

A terrível dificuldade na marcação de exames não é exclusividade apenas do bairro Colina Verde, mas do bairro Luís Eduardo Magalhães, Santa Rita, Teixeirinha, São Lourenço I e II, Liberdade I e II, Castelinho, e tantos outros bairros, em sua maioria bairros de periferia.

Com autorização dos presentes fizemos um vídeo aonde os relatos seguem reforçando a necessidade, de que o problema da marcação seja resolvido o mais breve possível, para o bem da população que sofre com o descaso na saúde pública, em especial na Atenção Básica.

Vídeo Posto de Saúde (UBS) do Bairro Colina Verde.

 

Leia também!  "7 de Setembro": O tradicional desfile cívico em celebração à independência do Brasil ocorreu nesta quarta em Teixeira de Freitas.

Segundo os moradores a Central de Regulação de Exames de Teixeira de Freitas-BA, que é um órgão que integra a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), está fechada para marcação de alguns procedimentos e exames básicos.

Os exames disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde, os postos e UBSs, por meio do sistema de decentralização, não são suficientes para atender a demanda.

Não sendo essa situação algo corriqueiro ou eventual, mas constante a pelo menos 90 dias.

Os moradores relataram também a falta de médico, e alguns medicamentos na farmácia do referido posto.

Desde o início da atual gestão, o prefeito Marcelo Belitardo, eleito com o jargão “O Doutor do Povo!”, não tem conseguido implementar uma gestão eficiente.

Tão pouco tem conseguido proporcionar uma qualidade minimamente satisfatória na saúde pública.

O que na verdade deveria ser o seu ponto mais forte, haja vista que o mesmo é médico, tem se tornado o seu “Calcanhar de Aquiles!”

Após a nossa matéria inúmeros vídeos foram enviados a nossa redação, reforçando a situação caótica em que se encontra a saúde pública, no que fiz respeito a marcação de exames nos postos de saúde.

 

Humilhação: Posto de Saúde do Bairro Liberdade I – Teixeira de Freitas – BA. Moradores Dormem na Fila 01/12/21 Para Tentar a Sorte de Marcar Exames.

Por: Opinião Pública/ DA REDAÇÃO/

Faça aqui seu comentário!