• 17 de setembro de 2021 19:50

Vídeo: Ja tá podendo é? Fiscalização interdita festa clandestina em espaço de eventos no Bairro Colina Verde com mais de 200 pessoas.

ByLéo Feitosa

jul 12, 2021

 

Em total desrespeito ao que determina o Decreto Munciipal que proíbe a realização de festas em espaços de eventos com qualquer número de participantes, em virtude da pandemia do novo Corona Virus (Covid-19), agentes da Guarda Municipal de Teixeira de Freitas, Vigilância Sanitária e Polícia Militar da (CIPM, interditaram e colocaram fim a uma festa clandestina, que ocorria no bairro Colina Verde, na noite do último sábado dia 10 de julho.

A ação ocorreu após denúncia anônima de que estaria havendo uma festa clandestino na Avenida Vinicius de Morais, no Bairro Colina Verde, na cidade Teixeira de Freitas-Ba. O evento seria a inauguração do Espaço “Encantos Bar”,  com som ao vivo, e apresentação de 06 (seis) atrações artísticas do município.

Leia também!  Prefeitura de Medeiros Neto adquire computadores e smartphones para campanha “Vem pra Escola”.

Segundo informações dos agentes da Guarda Municipal e Policia Militar (CIPM), o evento contou com a presença de mais de 200 pessoas, gerando enorme aglomeração, sem que houvesse o uso de máscara ou aplicação de alcool em gel nas mãos, em flagrante desrespeito ao Decreto Municipal que proíbe esse tipo de evento.

A Guarda Municipal chegou ao local, juntamente com a Vigilância Sanitária e com o apoio de policiais militares, e interditaram o Espaço de Eventos Encantos Bar.

Leia também!  TCE condena ex-prefeito de Alcobaça Bernardo Olívio, por não aplicar recursos de convênio com governo do estado.

Após protocolos de interdição e multa, todos os ocupantes, esvaziaram o local.

 

Nas redes sociais diversos vídeos circularam onde é possível ver a enorme quantidade de pessoas, em sua maioria jovens que se aglomeravam na referida festa.

 

Apesar do flagrante de desrespeito as regras sanitárias e ao decreto municipal, ninguém chegou a ser conduzido para a delegacia.

 

Por: Opinião Pública/ DA REDAÇÃO/

Faça aqui seu comentário!