Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Responda: Informações de bastidores apontam que vice de Temoteo Brito em 2020 será um ex-clérigo da Igreja Católica; você votaria?

ByLéo Feitosa

nov 3, 2019

 

Que os jogos comecem!
Não é de hoje que se especula quem será o vice-candidato do atual prefeito Temoteo Brito, nas eleições de 2020. O certo é que o atual não será.

Apesar de Lucas Bocão ter anunciado que será também pré-candidato a prefeito em 2020, já se comenta nos bastidores que devido o desgaste e das críticas que o mesmo vem sofrendo por misteriosamente ter do dia pra noite, ter passado de oposição da atual gestão, para fiel escudeiro do prefeito, e transformar os estúdios da Rádio Eldorado FM literalmente em um comitê pré-eleitoral de Temoteo Brito (PP), as chances de ser vice novamente, diminuíram bastante.

Os eleitores não digeriram bem essa historia de “obrigação constitucional” de ajudar a gestão! Antes não tinha a mesma obrigação? 

O mais longe que o radialista Lucas Bocão poderia chegar eventualmente seria a uma candidatura a vereador. Se confirmado deverá ser o vereador mais bem votado da história de Teixeira de Freitas-BA, mas só isso e nada mais que isso, afirmam alguns analistas;

Leia também!  Oposição do vereador Bruno Barbosa a construção da UBS no residencial Santos Guimarães poderá prejudicar 4 mil famílias.

 

“Lucas Bocão já deu o que tinha de dar!”

 

Diante do cenário incerto e vendo os adversários se articulando em uniões que podem pôr em risco a sua reeleição, a exemplo de Caio Checon e Marta Helena, que já oficializam a união dos Partidos Solidariedade e PSDB, o atual prefeito Temoteo Brito-(PP), estaria buscando um vice pra sua chapa de peso, e a tática seria abarcar um membro do clérigo da Igreja Católica.

Leia também!  Circuito Empresarial capacita mais de 2 mil pessoas em 8 municípios do Extremo Sul.

 

Calma, não será Dom Jailton Lino! Nós falamos “ex-clérigo!”

 

Dentro das paróquias e reuniões internas da prefeitura, já se comenta que o escolhido de Temoteo Brito seria ex Padre Alexandre, que longe do cenário religioso e político do município a quase uma década, retornou assim como Dom Jailton Lino, em forma de bônus político.

 

Analistas afirmam que pela escassez de “bons vices” para o atual gestor, esta seria a estratégia do atual gestor diante da altíssima rejeição. Abarbar uma parcela do eleitorado católico.

 

Dará certo? Bom, se confirmado só o tempo vai dizer!

 

 

Por: Opinião Pública/ da Redação/

Faça aqui seu comentário!