• 2 de dezembro de 2021 04:04

Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Prefeitura de Mucuri inova na saúde pública e oferece cirurgias minimamente invasivas por videolaparoscopia em Itabatã.

ByLéo Feitosa

jul 25, 2021

 

A Prefeitura de Mucuri através da Secretaria Municipal de Saúde inovou na assistência pública da medicina e começou a realizar partir deste sábado (24/07), no HSJ – Hospital José de Itabatã, cirurgias por videolaparoscopia para retirada de cálculo na vesícula, que são modernas cirurgias menos invasivas.

 

A Laparoscopia ou Cirurgia Laparoscópica é uma via de acesso para cirurgias minimamente invasivas.

A retirada dos cálculos por laparoscopia é feita através de pequenos orifícios no abdômen, permitindo uma recuperação fácil e rápida do paciente. A vesícula quando está doente ela produz cálculos no seu interior (litíase biliar ou “pedra na vesícula”) ou quando tem pólipos grandes ou em crescimento.

A Secretaria Municipal de Saúde de Mucuri agora disponibiliza o serviço no Hospital São José aos pacientes que encontram o apoio de uma equipe multidisciplinar, formada por um corpo clínico composto por três profissionais altamente qualificados e inseridos na lista dos médicos mais recomendados desta tríplice mesorregião, como: o médico Lauro Oscar de Lima Júnior, especialista em cirurgia geral e coloproctologia; o médico Raphael dos Santos Matos, especialista em cirurgia geral, cabeça e pescoço; e o médico Manoel Pedro Rodrigues Soares Filho, especialista em anestesiologista.

No início dos trabalhos na manhã deste sábado (24), o prefeito Roberto Carlos Figueiredo Costa “Robertinho” (DEM) se fez presente na companhia do secretário Municipal de Saúde Fernando Jardim, para recepcionar a equipe médica que iniciou a missão no Hospital São José de Itabatã, unidade consorciada com o município de Mucuri.

Leia também!  Serviços de Saúde: Atenção básica atingiu 100% de cobertura médica em Mucuri.

 

“Com a curva descendente dos casos de hospitalização por Covid-19, está se conseguindo contratar médicos parceiros e com capacidade técnica que já são grandes executores de procedimentos cirúrgicos na média e alta complexidade, que estão à disposição para que o município possa ap licar mais recurso na saúde pública, até porque, o nosso objetivo é acabar com a fila de espera por cirurgias”, disse o prefeito Robertinho.

O médico Raphael Matos disse que a missão da equipe todo sábado no Hospital São José de Itabatã, é a realização de cirurgias minimamente invasivas por videolaparoscopia. Explicando que a colecistectomia videolaparoscópica é uma cirurgia realizada com o objetivo de retirar o cálculo da vesícula ou remover a vesícula biliar. É uma técnica menos invasiva do que a aberta, possibilitando uma recuperação mais rápida para o paciente. “A recuperação pós-operatória é melhor para o paciente, menos dolorosa, possibilitando o seu retorno ao campo de trabalho em menor tempo”.

O médico cirurgião geral Raphael Matos ainda esclareceu a nossa reportagem, que através dessa técnica, cirurgias que antigamente eram realizadas de forma convencional (aberta), podem ser feitas por pequenos orifícios na parede abdominal pelos quais são introduzidos microcâmeras, pinças e tesouras especiais. Nela, o cirurgião executa o procedimento olhando para uma tela e acompanhando todos os seus movimentos.

Como o procedimento envolve feridas menores e menos trauma tecidual, a recuperação é mais rápida, com menos dor pós-operatória e retorno mais precoce para as atividades diárias, demonstrando que a colecistectomia vide olaparoscópica é um procedimento seguro e eficaz, inclusive para os idosos.

Leia também!  Traficante é preso em posse de cocaína nas proximidades do trevo da Zelândia.

O secretário Municipal de Saúde, o farmacêutico bioquímico Fernando Jardim, informou que o procedimento é inédito no município de Mucuri, serviço esse que somente é realizado no âmbito da rede privada e na região, apenas o município de Teixeira de Freitas realizava essa espécie de cirurgia. No Hospital São José de Itabatã, o município de Mucuri está oferecendo 10 cirurgias por final de semana para retirada de cálculo da vesícula. Sendo que essa mesma equipe médica, toda quarta-feira, faz atendimento ambulatorial no Centro de Especialidades em Itabatã.

“Graças ao comprometimento do prefeito Robertinho, o município também já está fazendo na unidade, histerectomia (retirada do útero), hernioplastias e hemorroida. Realiza ainda ooforectomia bilateral em pacientes submetidos a histerectomias em virtude de patologias benignas e, todas essas outras cirurgias estão sendo feitas nas quartas e quintas-feiras no Hospital São José. 

 

Ainda devemos informar que o médico cirurgia e endoscopista Felipe Ferreira da Mota, que toda quinta-feira faz atendimento no Hospital São José, realiza toda 3ª sexta-feira do mês, a quantia de 20 procedimentos de endoscopia e 6 de colonoscopia ofertados pelo município de Mucuri através da Secretaria de Saúde. A endoscopia avalia órgãos como esôfago, estômago e porções iniciais do duodeno. Já a colonoscopia faz avaliação no final do intestino delgado, cólon e reto”, salientou o secretário Fernando Jardim.

Assessoria de Comunicação Social
Prefeitura Municipal de Mucuri

 

Por: Opinião Pública/ DA REDAÇÃO/

Faça aqui seu comentário!