Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Prefeito de Eunápolis perde foro privilegiado em processo por suposto desvio de recursos em 2007.

ByLéo Feitosa

set 7, 2019

Mais uma derrota na Justiça fecha o cerco em torno do prefeito de Eunápolis-BA, Robério Oliveira (PSD), que agora sem Foro Privilegiado vai responder a um processo por desvio de recursos públicos da prefeitura no ano de 2007.

 

Conforme decisão proferida na última sexta-feira, dia 6 de setembro por meio do desembargador Abelardo Paulo da Matta Neto, Robério Oliveira não deverá ter direito ao foro especial [o foro privilegiado] por conta de o suposto crime de responsabilidade ter ocorrido em gestão anterior a atual.

Leia também!  Teixeira: Confira o calendário de vacinação contra Covid-19 de 15 a 19 de Agosto.

Desde maio do ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) restringiu o foro especial para julgamentos de casos que se referem à gestão atual e em razão dela.

Depois de administrar a cidade até 2012, Robério Oliveira ocupou outros cargos políticos, incluindo deputado estadual, voltando ao posto de prefeito de Eunápolis nas eleições de 2016.

Robério Oliveira responde a pelo menos outros três processos, sendo um deles na Justiça Federal, acusado pelo Ministério Público Federal de fazer parte de uma organização criminosa que ficou conhecido em toda região como “Os Fraternos”. Segundo a Policia Federal foram desviado mais de R$ 200 milhões de reais.

Leia também!  "Tombou": Chefe do tráfico de Caravelas é morto com vários tiros em Vila Velha - ES.

 

São apontados como chefes da organização e investigados, a prefeita de Porto Seguro-BA, Claudia Oliveira (esposa de Robério), e seu cunhado e irmão de Cláudia, o prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos.

 

 

Por: Opinião Pública/ da Redação/

Faça aqui seu comentário!