• 4 de outubro de 2022 19:20

“Olhe ele ai oh!”: CAEMA prende Vice-prefeito de Alcobaça por porte ilegal de arma de fogo e embriaguez ao volante na Avenida Getúlio Vargas em Teixeira de Freitas.

ByLéo Feitosa

ago 14, 2022

Paulo Duarte Barros, de 67 anos, conhecido por “Seu Paulinho”, vice-prefeiro de Alcobaça, foi preso na noite do último sábado, 13 de agosto, na Avenida Getúlio Vargas, nas proximidades da Rotatória da Melancia. Segundo os militares da CIPE/Mata Atlântica (CAEMA), em rondas ostensivas, quando avistaram o motorista de uma camionete, trafegando na via, em direção perigosa tipo (zigue-zague).

Os policiais militares deram sinal de parada para o motorista, fato obedecido pelo condutor. Ao realizarem uma abordagemos, os policiais perceberam que o motorista estava em visível estado de embriaguez. Após uma segunda abordagem, no interior do veículo, os militares encontraram uma arma de fogo, tipo revolver Taurus, calibre .38, municiada com 05 (cinco) cartuchos intactos; um frasco de bebida e a quantia de quantia de R$ 1.221,00 (um mil e duzentos e vinte e um reais) em espécie.

Leia também!  "Parabéns Samu!": Há 12 anos atuando no atendimento pré-hospitalar de Teixeira de Freitas, SAMU auxilia vítimas de casos graves no menor tempo possível!

Paulo Duarte foi conduzido para o posto 02 da 9ª Delegacia da Policia Rodoviária Federal (PRF), para realizar exame de etilômetro (Bafômetro), mas, negou-se a fazer o exame. Ele recebeu voz de prisão foi conduzido e apresentado na Delegacia da Polícia Civil de Teixeira de Freitas, juntamente com o veículo VW/Amarok, de cor branca, placa policial PJE-8J22 (Mercosul).

Leia também!  "Gestão do trabalho!": Marcelo Belitardo inaugurou a Creche Emanuelle Matos Rodrigues nesta quarta (14/09), no Estância Biquíni.

Após oitiva, o delegado plantonista, Charlton Bortolini, flagranteou o Paulo Duarte por porte ilegal de arma de fogo (Art. 12 e embriaguez ao volante (Art. 306 da Lei nº 9.503/97 do CPB). O vice-prefeito segue preso na custodia da Polícia Civil de Teixeira de Freitas, à disposição da Justiça.

Fonte: Lenio Cidreira/Liberdadenews

Por: Opinião Pública

Faça aqui seu comentário!