Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Nova Viçosa: Polícia Civil conclui investigação que apurou o assassinato de Reginaldo Dercílio, vulgo “Naldo”.

ByLéo Feitosa

jul 29, 2019
DELEGACIA TERRITORIAL DE NOVA VIÇOSA/BA – UNIDADE DO DISTRITO DE POSTO DA MATA.

CONCLUSÃO DAS INVESTIGAÇÕES QUE APURAVAM A MORTE DO “REGINALDO DERCILIO vulgo NALDO”.

O CRIME: No dia 28/02/2019 por volta das 16h42min, o CICOM (Centro Integrado de Comunicação) informou a delegacia territorial de Teixeira de Freitas de que um HOMICÍDIO havia ocorrido no Distrito de Posto da Mata, informação verificada e confirmada pelo DPT (Departamento de Polícia Técnica) que procedeu com o levantamento cadavérico de REGINALDO DERCÍLIO vulgo NALDO, sendo o mesmo atingido por disparos de arma de fogo.

Leia também!  Prefeitura implementa drenagem e pavimentação no bairro Alto Tancredo.

As investigações apontaram que LUCIANO DOS SANTOS LUIZ, vulgo LC teria sido autor dos disparos que vitimou REGINALDO (NALDO DO SALÃO), crime este encomendado pelos indivíduos WASCHINGTON DA SILVA vulgo PAVÃO e VALDO BENTINHO DA SILVA vulgo BUJÃO/COROA, mandantes internos do CPTF (Conjunto Penal de Teixeira de Freitas).

Diante das informações, LUCIANO (LC) foi interrogado e confessou a autoria e motivação do delito. informando ainda que recebeu a ordem dos comparsas que são internos do CPTF para executar o NALDO do SALÃO.

MANDANTES: WASCHINGTON DA SILVA vulgo PAVÃO, VALDO BENTINHO DA SILVA vulgo BUJÃO/COROA EXECUTOR: LUCIANO DOS SANTOS LUIZ, vulgo LC.

Leia também!  Teixeira de Freitas registra primeiro caso suspeito da nova varíola dos macacos.


INFRAÇÃO: HOMICÍDIO Art. 121, § 2°, Inciso I do CPB
VÍTIMA: REGINALDO DERCILIO vulgo NALDO do salão
MOTIVAÇÃO: Disputa pelo controle do tráfico de drogas.

O inquérito policial finalizado foi remetido a justiça criminal que a partir desse ponto deverá levar os envolvidos a julgamento.

 

Fonte: DELEGACIA TERRITORIAL DE NOVA VIÇOSA/BA – UNIDADE DO DISTRITO DE POSTO DA MATA.

 

Por: Portal Opinião Pública/ Da Redação/

Faça aqui seu comentário!