Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Nova Viçosa, GT da LAMA tem mês intenso de atividades e se aproxima da conclusão da primeira etapa dos trabalhos.

ByLéo Feitosa

fev 20, 2019

O grupo de trabalho criado, denominado GT da LAMA, tem a finalidade de monitorar, cobrar e ajudar na elaboração de propostas viáveis que busquem resolver os problemas provocados pela grande quantidade de lama nas praias do Balneário. Composto pela sociedade civil, Suzano, secretarias de governo e câmara de vereadores, têm feito uma série de atividades com o objetivo de encontrar mecanismos que levem a resolução do problema.

Reunindo periodicamente, o GT, tem garantido discussões profundas, com resultados efetivos, como as intensas atividades que foram desenvolvidas no mês de fevereiro, dentre elas celeridade na criação do termo de referência que irá nortear a contratação da empresa que fará o diagnóstico do “DNA” da LAMA. O GT ainda fez uma visita técnica às operações de transbordo e dragagem do canal do Rio do Tomba em Caravelas, operações conduzidas pela Suzano, reunião com o ministério público estadual e federal para dar ciência do andamento das atividades e entrevista de conhecimento junto às entidades que poderão fazer a gestão dos valores que serão aportados para custear os estudos.

Leia também!  Prefeitura de Medeiros Neto realiza cerimônia de posse do Programa Despertar, desenvolvido nas escolas do campo.

Um dos mais importantes frutos desse GT do ponto de vista de objetividade é a celeridade na construção do termo de referência, que está ganhando contribuições do IBAMA, ICM BIO, INEMA e Ministério público. Na última reunião do GT, o grupo recebeu a visita do núcleo do IBAMA que está acompanhado o processo da dragagem do canal do Rio do Tomba, por exemplo, caracterizando estar no caminho certo para o propósito que fora criado.

Leia também!  "As obras não param!": PMTF realiza asfaltamento em diversas ruas do bairro Castelinho.

O GT da LAMA espera que no máximo em dois meses todos os esforços dessa primeira etapa possam ser superados com o starte da contratação da empresa que fará o diagnóstico propriamente dito, iniciando assim o período de expectativas para entender a origem ou o “DNA” da Lama.

O GT tem buscado referências em casos similares em outras partes do Mundo. É o caso de uma comissão interna que será criada na câmara de vereadores de Nova Viçosa para uma visita na cidade de Cassino, Rio Grande do Sul, lá uma situação semelhante aconteceu e os vereadores irão conhecer e entender quais posicionamentos e contribuições coube o legislativo daquela cidade.

Por: Opinião Pública/ Da Redação/ Fonte/ ASCOM/ Nova Viçosa/

Faça aqui seu comentário!