Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Nota de Esclarecimento: Hospital São Bernardo de Alcobaça fala do caso no atendimento de gestante.

ByLéo Feitosa

mar 19, 2019

A circulação nas redes sociais de um vídeo sobre a falta de médico no Hospital São Bernardo (HSB) de Alcobaça foi um dos assuntos mais comentados na cidade alcobacense, no último final de semana. A repercussão ocorreu em razão do atendimento prestado à gestante, Edmilsa dos Anjos Santos, 29 anos, moradora da área rural do município, que chegou na unidade hospitalar às 20h00, do dia 12 de março.

Um vídeo gravado por Luis Augusto (Presidente da Associação Profissional dos Pescadores de Alcobaça), mostra a paciente numa maca, dentro de um dos leitos do hospital. O autor do vídeo denuncia a falta de médico.

Nesta segunda-feira (18), a enfermeira, Cíntia Martins, que atuou no atendimento, negou a acusação.

“Desde a chegada, às 20h, a paciente não deixou de ser atendida em nenhum instante. Depois de 15 minutos, às 20h15, por orientação do médico Dr. Luiz Carlos, foram ministrados medicamentos para controlar a pressão arterial, até a chegada do médico do plantão, Dr. Diego Jullian, às 20h30, que estava em trânsito. Durante todo o tempo, realizamos os procedimentos possíveis, inclusive em momento com a presença de dois médicos, um do plantão e o outro, Dr. Metódio Nascimento”, disse.

Leia também!  Teixeira: Prefeitura inicia construção de praça no Ulisses Guimarães.

Na Declaração de Nascido Vivo N.º 30762839068 consta o horário de 21h10 como o instante do nascimento do bebê, de sexo masculino, diagnosticado com dificuldade na respiração, sem coloração, com baixa frequência cardíaca, razão pela qual, precisou ser mantido no berço aquecido e oxigenado. Cerca de três horas e meia depois, às 00h40, foi emitida a Declaração de Óbito N.º 273431870.

O Diretor Executivo do HSB, Charles Feitosa, argumenta que a condição de saúde da paciente dificultou o trabalho de parto e pode ter comprometido a saúde do bebê. “A gestante não realizou nenhuma consulta prenatal, nem fez ultrassonografias, procedimentos adotados para verificar a situação gestacional, principalmente, porque ela chegou ao hospital em trabalho de parto e com pressão alta, correndo risco de vida”, disse.

Leia também!  Mais Infraestrutura: Prefeito Marcelo Belitardo visita obra no bairro Santa Rita. Vejam as fotos.

O Secretário de Saúde de Alcobaça, Robson Mattos, disse que o hospital apresentou relatório de apuração do caso. “Tivemos acesso à toda documentação dos procedimentos adotados e verificamos a preocupação da unidade hospitalar no atendimento à paciente, que recebeu alta médica às 11 da manhã do dia 13 de março e passa bem”, afirmou.

Por: Opinião Pública/ Da Redação/ ASCOM-ALCOBAÇA

Faça aqui seu comentário!