Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Moradora de Caravelas-BA, desabafa após morte da tia por falta de atendimento médico, e manda Sílvio Ramalho “Tomar vergonha na Cara”.

ByLéo Feitosa

set 27, 2019

Que a gestão do prefeito Sílvio Ramalho vive basicamente de “propaganda” não há a menor duvida, dada a extensa lista de portais de notícias, jornalistas, radialistas e repórteres, que atualmente possuem contratos de publicidade com a prefeitura ( IREMOS DEBATER A FOLHA DE PAGAMENTO DA ASCOM-CARAVELAS EM UMA PRÓXIMA MATÉRIA).

No entanto nem sempre é possível maquiar a REALIDADE que vive o município de Caravelas no extremo sul baiano, simplesmente pagando para que se jogue os problemas para debaixo do tapete, e finja-se que tudo está simplesmente “Fantástico”, afinal não não está!.

Um desses momentos em que não se pode esconder a realidade aconteceu na madrugada do último dia 19 de setembro, quando a senhora BERNARDA SERAFIM MARCELINO, veio a óbito, supostamente por falta de atendimento ou negligência médica.

Tamanho é o desrespeito, que na certidão de óbito foi atestado “CAUSA MORTE INDETERMINADA”

A sobrinha de dona BERNARDA, fez um desabafo emocionado nas redes sociais e pediu que as autoridades competentes tomem providências para casos como esse não se repita, e pediu JUSTIÇA.

 

LEIA O RELATO:

“Na madrugada do último dia 19, a minha tia passou mal por volta de 1:00Hrs da manhã no município de Caravelas Bahia!”

“Meu tio então ligou para o serviço de emergência (Samu) e obteve as seguintes informações:”

“Que o SAMU não poderia fazer o primeiro atendimento pois a mesma não se encontrava em Caravelas, minha tia então com fortes dores no peito se dirigiu ao hospital a pé ( isso mesmo que você leu, a pé!), pois ela não havia encontrado outro meio de transporte”, e chegando ao hospital do município não havia médico plantonista.”

“Minha tia foi então encaminhada para a sala de observação, onde os enfermeiros não permitiram que ela fosse acompanhada pelo seu esposo, e fatalmente alguns minutos depois minha tia veio a óbito”.

 

Agora a questão que não quer calar!

“Como um hospital que se diz “referência” não tem um médico plantonista?”

“Como um (SAMU) se nega a fazer um atendimento mesmo tendo ciência que a ambulância se encontrava em um terreno meio abandonado depois do nosso cemitério?” “Até onde vai o desrespeito com a vida?”

“Se a minha tia tivesse sido atendida a tempo ela poderia estar viva!”

“Senhores governantes parem de irem para as redes sociais tapar o sol com a peneira todos os dias, pois todos nós sabendo que a situação do município de Caravelas e região e péssima!”

“Nossa comunidade não tem segurança, saneamento básico, e a educação e caótica!” “Eu me pergunto, até quando vamos ficar assim?”

“Quantas vidas vamos precisar perder para que possamos ter uma saúde de qualidade, um atendimento com profissionais qualificados é que estejam ali para salvar vidas, e não para entrega-las a própria sorte assim?”

“Acredito que os governantes não tem coração, pois eles não usam o programa de saúde pública, mas nós sim!”

“Somos seres humanos, pagamos nossos impostos, temos direitos a uma saúde de qualidade!”

“Por fim, senhor prefeito Silvio Ramalho, tome vergonha na cara e cumpra com seus deveres!”

“Você e funcionário do povo, as eleições estão vindo ai, lhe espero em minha casa para pedir voto!”

 

Leia também!  Prefeitura realiza ampliação em instituições de ensino público em Teixeira de Freitas.

 

Por: Opinião Pública/ da Redação/

Faça aqui seu comentário!