Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Mais um escândalo: Secretária de Saúde de Mucuri acusada de acumular cargo em Itamaraju-BA.

ByLéo Feitosa

maio 7, 2019

A secretária de Saúde do Município de Mucuri, a Srª Fidelcina Cesar dos Santos, acaba de ser denunciada por supostamente acumular ilegalmente funções públicas em dois municípios.  Além do cargo de secretária de saúde em Mucuri, há quase 200 km de distância, “Fidel” como é conhecida, acumula a suposta função de enfermeira no município governado pelo médico Marcelo Angênica (PSDB).

De acordo com a consulta realizada no Tribunal de Contas, em Itamaraju Fidelcina Santos deveria exercer a carga horária de 40 horas semanais em Itamaraju, ou 08 horas por dia, e supostamente estaria lotada no setor de unidades de saúde da família, conhecidos como PSFs, mas nossa equipe não conseguiu apurar em qual posto a servidora estaria lotada.

Leia também!  Oposição do vereador Bruno Barbosa a construção da UBS no residencial Santos Guimarães poderá prejudicar 4 mil famílias.

Na função que supostamente exerceria em Itamaraju, Fidelcina Santos recebe mensalmente R$ 3.400,00, e parte disso é de gratificação pela função como enfermeira. Já em Mucuri, como Secretária de Saúde, ela receberia mais R$ 5 mil por mês.

A denúncia foi enviada por um cidadão de Mucuri que preferiu não se identificar.

 

 

A Secretária de Saúde estaria ilegalmente na função pois segundo a Lei 8080/90 proíbe o acumulo de cargos públicos para quem exerce cargo de confiança no âmbito do Sistema Único de Saúde, SUS.

Leia também!  Prefeitura de Medeiros Neto participa do 3º Encontro de Formação Continuada com dirigentes e equipes técnicas municipais de Educação.

Não é a primeira vez que o prefeito Marcelo Angênica é denunciado pelo mesmo esquema. No início de 2019 a diretora do Hospital Municipal de Itamaraju-BA, foi flagrada trabalhando no Hospital Regional de Eunápolis no mesmo período em que deveria estar em Itamaraju.

 

Fonte: Portal Siga a Notícia

Por: Opinião Pública/ da Redação/

Faça aqui seu comentário!