Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

“Léo Brito moleque?”: Descaso na saúde pública de Alcobaça revolta presidente da associação de pescadores.

ByLéo Feitosa

mar 17, 2019

Um vídeo viralizado na redes sociais neste último final de semana, mostra Luiz presidente da Associação de Pescadores do município de Alcobaça-BA, revoltado com o descaso na saúde pública, quando o mesmo ao busca atendimento para uma gestante em trabalho de parto, esposa de um dos associados, e que apesar das intensas dores que sentia, não encontrou médico no Hospital Municipal São Bernado.

O hospital São Bernardo é um dos hospitais filantrópicos da Cáritas Diocesana de Caravelas, e é uma instituição de saúde sem fins lucrativos, mantida com recursos do Sistema Único de Saúde – SUS, através da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia – SESAB e pela prefeitura municipal de Alcobaça.

Leia também!  Nota: Prefeitura esclarece caso envolvendo venezuelanos da etnia indígena Warao na rodoviária de Vitória ES.
A morte do bebê.

Infelizmente a demora no atendimento teria ocasionado segundo informações preliminares, a morte do bebê ainda no ventre da gestante, que estava tendo a sua gravidez acompanhada pelo médico de prenome Dr. Diego, mas o mesmo em seu plantão, se encontrava no município de Teixeira de Freitas.

No vídeo é possível ver uma enfermeira dizer que a pressão sanguínea da gestante está “20 x 15”, ao passo que a mesma se contorce de dores.

O prefeito Léo Brito que no carnaval de Alcobaça gastou mais de R$ 60 mil reais com doces, balas, pirulitos e suco em pó, justamente com recursos da secretaria municipal de saúde, e que de forma sarcástica juntamente com sua esposa nomeou o referido carnaval do município de “Carnaval do Pirulito”, em menção a matéria do Portal Opinião Pública, que denunciou a milionária licitação com recursos da saúde, continua alheio as necessidades do povo alcobacense.

Leia também!  Presença de rochas provoca atrasos no andamento das obras do sistema de macrodrenagem pluvial em Itabatã.
Prefeito Léo Brito, moleque e sem responsabilidade. 

O presidente da Associação de Pescadores, usa os adjetivos “IRRESPONSÁVEL e MOLEQUE”, para definir o caráter administrativo do prefeito Léo Brito, e avisar que irá entrar com uma representação contra o mesmo no Ministério Público Federal nos próximos dias, em razão do descaso imposto a saúde público em função da péssima administração do gestor municipal. 

 

Acompanhe o vídeo:

Por: Opinião Pública/ Da Redação/

Faça aqui seu comentário!