Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Justiça eleitoral realiza reunião entre os representantes das campanhas de Haddad 13, e Bolsonaro 17, em Teixeira de Freitas-Ba.

ByLéo Feitosa

out 26, 2018

Justiça Eleitoral promove reunião com representantes de coligações para tratar sobre os últimos atos de campanha em Teixeira de Freitas e PM promete rigor se houver abusos.

A Justiça Eleitoral da 183° zona eleitoral em Teixeira de Freitas, promoveu na tarde dessa quinta feira (25/10), uma reunião entre os representantes das coligações dos presidenciáveis, Fernando Haddad e Jair Bolsonaro, candidatos que disputam o segundo turno das eleições presidenciais.

Com a presença do Juiz Eleitoral, Dr. Humberto Marçal, do Chefe do Cartório Eleitoral Bruno Guarino, do Capitão da Polícia Militar Klaus do ex-prefeito de Teixeira de Freitas Dr. João Bosco e do advogado eleitoral Dr. Renato Lacerda Souza, representando os interesses eleitorais do coordenador da campanha de Haddad na Bahia, o Governador reeleito Rui Costa e de Washington Bento, este último representando os interesses do PSL, ficou acordado como se dará os últimos atos das campanhas presidenciais em Teixeira de Freitas.

Leia também!  Novo modelo das rotas do Transporte Escolar gera benefícios aos estudantes de Mucuri.

De forma democrática o Juiz Eleitoral, Dr Humberto, realizou um sorteio, para estabelecer horários opostos para as manifestações que se darão no sábado, véspera do dia da eleição. O PT foi o vencedor do sorteio e pode escolher o horário da sua carreata.

Ficando definido pela Justiça Eleitoral que os apoiadores da campanha de Bolsonaro podem realizar o seu ato, entre as 13:00 horas até no máximo as 18:00 horas e os apoiadores de Haddad das 18:00 horas até as 22:00 horas.
Ficou determinado roteiros opostos para que as carreatas não se encontrem e autorizado a Polícia Militar que acaso baderneiros que desrespeitem os horários ou que intervenham nas carreatas adversarias que a Polícia Militar haja com rigor e efetue a detenção em flagrante delito se houver necessidade.

Leia também!  UMMI efetua acompanhamento humanizado às gestantes assistidas; confira detalhes.

O Capitão PM Klaus prometeu rigor e disse que a PM não tolerar abusos de nenhum dos lados e garantirá a segurança das pessoas.

 

Por: Opinião Pública/ Léo Feitosa.

Faça aqui seu comentário!