Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Itamaraju: Marcelo Angênica em áudio xinga cidadão de “Mentiroso e Descarado” após o mesmo denunciar a falta de anestesista no HMI.

ByLéo Feitosa

mar 7, 2019

É crítica a situação da saúde pública no município de Itamaraju-BA, onde ironicamente o gestor é um médico. São inúmeras as denúncias do péssimo atendimento oferecido aos munícipes, haja vista que falta de tudo um pouco, quando a população itamarajuense necessita de atendimento de média e alta complexidade. São postos de saúde sem a devida infraestrutura, a UPA-24-Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas, simplesmente abandona e saqueada por vândalos, e a população entregue a própria sorte.

A situação torna-se ainda mais caótica, quando se fala em atendimento a crianças e gestantes.

Muitos dos casos infelizmente são remetidos ao município de Teixeira de Freitas, aonde a saúde pública também não passa pelo seu melhor momento.

Leia também!  UMMI efetua acompanhamento humanizado às gestantes assistidas; confira detalhes.

Um desses momentos caóticos foi constatado por um pai de família que ao procurar atendimento para sua esposa gestante de 9 meses, e com dificuldades para ter a criança de parto normal, e solicitado então a realização de uma cesariana, procurou o hospital municipal de Itamaraju, porém o atendimento teria sido negado por falta de anestesista, segundo informou o mesmo.

Este fato foi registrado em vídeo e simplesmente viralizou nas redes sociais na última quarta-feira.

Chocado e revoltado pelo descaso, o pai teme pela vida de sua esposa e de seu filho ou filha que está para nascer.

Leia também!  Prefeitura de Mucuri realiza mais 8 Cirurgias Endourológicas no Hospital São José de Itabatã.

 

Após toda a polêmica do caso, o prefeito Marcelo Angênica teve um áudio vazado no aplicativo WhatsApp, aonde o mesmo chama o cidadão do vídeo acima de, “Mentiroso e Descarado”. 

Ouçam o áudio.

Prefeito de Itamaraju-BA, Marcelo Angênica

 

 

Aparentemente o prefeito Marcelo Angenica, devido as muitas reclamações que sua gestão sofre nos últimos 12 meses, tem perdido um pouco o controle emocional da situação, e chega ao ponto de desrespeitar um cidadão que apenas busca atendimento público de saúde de qualidade.

É lamentável à que ponto chegou o município de Itamaraju, no extremo sul baiano.  

Por: Opinião Pública/ da Redação/

Faça aqui seu comentário!