Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Itamaraju: Compra de panelas de pressão pela prefeitura com indícios de superfaturamento.

ByLéo Feitosa

fev 26, 2019

Esqueçam tudo que você já imaginou em métodos para ganhar dinheiro! Esqueceu? Pois então! O  que mais dá lucro é VENDER PANELA DE PRESSÃO PARA A PREFEITURA DE ITAMARAJU! Apesar do texto acima parecer um pouco sarcástico, não poderíamos deixar de usa-lo para expressão o quanto o dinheiro do contribuinte é mal gasto no município de Itamaraju no extremo sul baiano. 

Publicada no último dia 25 de fevereiro, do corrente ano, no Diário Oficial do município de Itamaraju-BA, O PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇO DO TIPO MENOR PREÇO GLOBAL, para aquisição de panelas de pressão de 4.5 à 20 litros de capacidade, à serem usadas na cozinha da prefeitura e departamentos do poder público municipal.

Leia também!  Elmar Nascimento envia emenda para novos equipamentos no aeroporto 9 de Maio e retorno dos vôos comerciais.

Seria apenas mais um processo licitatório para aquisição de bens e serviços públicos, não fosse pelo fato de que os valores chamam a atenção.

Somente a título de comparação, uma panela de 7 litros que no site das Lojas Americanas, custa algo em torno de R$ 79,00 (setenta reais) a prefeitura está comprando por R$ 330,00 (trezentos e trinta reais).

Podemos dizer que a prefeitura fez a seguinte promoção…

” Leve 1 e pague 6″

Mas não para por ai! Afinal panelas de pressão com capacidade para 20 e 22 litros, e da mesma marca, são comercializadas no mercado por cerca de mais ou menos R$ 350.00 (trezentos e cinquenta). Porém estão sendo adquiridas pela prefeitura de Itamaraju, por R$ 540.00 (quinhentos e quarenta reais) 

Lojas Americanas

 

Leia também!  Prefeitura investe em obras de saneamento básico nos bairros de Teixeira de Freitas.

O Sistema de Registro de Preços tem sido uma ferramenta de grande valia à disposição da Administração Pública, pois propicia mecanismos para a melhoria da gestão e, principalmente, efetiva o alcance dos princípios constitucionais da economicidade e eficiência, pois mostra ser um modo inteligente de aquisição de bens e serviços.

Através do Sistema de Registro de Preços a Administração Pública economiza tempo, espaço, pessoal e recursos, pois, muitas vezes, por um só procedimento, realiza-se a aquisição de itens para vários entes, aumentando, inclusive, o poder de barganha na hora da compra. No entanto no caso do município de Itamaraju, tem apresentado indícios de superfaturamentos, que correm de certa forma a margem da fiscalização. 

Por: Opinião Pública/ Da Redação/

Faça aqui seu comentário!