Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Homenagem: Diretor da Casa da Cultura Dernival Pires “Pires”, é homenageado com moção honrosa pela Câmara de Vereadores.

ByLéo Feitosa

maio 16, 2019

Sem a menor sombra de dúvidas Dernival Pires, ou simplesmente “Pires” para aqueles que o conhecem mais de perto, é um claro exemplo de servidor público que dedica-se de corpo e alma ao que faz, quando o assunto é servir a população de Teixeira de Freitas. Dedicado e ávido por servir e servi bem, “Pires” muito antes de compor a gestão do prefeito Temoteo Alves de Brito, sempre esteve inserido no contexto cultural e social da comunidade teixeirense.

 

Por essa razão nada mais honroso do que o mesmo receber mais uma das muitas homenagens das quais faz jus, por sua atuação junto a Casa Cultura.

Leia também!  INVESTIMENTO: Agentes de Combate às Endemias – ACE recebem mais equipamentos de trabalho.

Desta vez “Pires” foi homenageado com uma Moção Honrosa oferecida pela Câmara Municipal de Vereadores de Teixeira de Freitas-BA, na sessão da última quarta-feira, dia 15 de Maio.

O coordenador do Departamento de Cultura, desenvolve com sua equipe diversos projetos e empreendimentos culturais direcionados a crianças e adolescentes.

 

Segundo Dernival Pires, Diretor de Cultura de Teixeira, a culminância de atividades culturais realizados durante os anos de 2017 e 2018, inclui 10 oficinas de artes voltadas para as questões sociais das comunidades.

Leia também!  Medeiros Neto: realizadas com sucesso as primeiras centenas de cirurgias de catarata no Hospital Municipal de Medeiros Neto.

Os resultados das atividades desenvolvidas no Departamento de Cultura, são frutos de muito esforço de pessoas dedicadas e solidárias.

“Pires” disse na sessão desta quarta-feira, que a sua maior retribuição é poder trabalhar em prol daqueles que mais necessitam de oportunidades, e que a cultura, é mais um dos muitos caminhos oferecidos pela educação, e que o mesmo espera poder fazer muito mais, mesmo diante de todas as dificuldades.

 

Por: Opinião Pública/ Da Redação/

Faça aqui seu comentário!