Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Governador Rui Costa justifica suplementação de recursos à ALBA,‘Não queria ver servidores sem salários!’

ByLéo Feitosa

dez 27, 2018

Em entrevista coletiva à imprensa, na manhã desta quinta-feira (27), o governador Rui Costa (PT) afirmou que o “sentimento de Natal” o motivou para suplementasse a Assembleia Legislativa da Bahia, Tribunal de Justiça e Ministério Público.

“O [que motivou foi] sentimento de Natal, de não querer ver servidores público sem salários. O governador não pode ficar insensível”, ressaltou.

Na oportunidade, o petista disse ainda que em 2019, planeja fazer uma reunião mensal com os chefes dos Poderes para definir formas de economizar.

“Combinei com eles e já falei com o novo presidente da Alba que quero uma reunião por mês para acompanhar esse debate, quero discutir medidas que tragam equilíbrio fiscal e financeiro a todos os poderes. Evitar esse sufoco de final de ano”.

Após garantir a aprovação de seu pacote de medidas para reajustar as contas do governo estadual, o governador Rui Costa (PT) aprovou crédito suplementar de R$ 445.550.149,00. Com isso, o Tribunal de Justiça da Bahia garantiu R$ 149 milhões e a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) ficou com R$ 67 milhões.

Leia também!  Nota: Prefeitura esclarece caso envolvendo venezuelanos da etnia indígena Warao na rodoviária de Vitória ES.

O restante do crédito suplementado ficou dividido entre Secretaria de Administração (R$ 80 milhões), encargos gerais (R$ 70 milhões), Ministério Público (R$ 40 milhões), Secretaria de Segurança Pública (R$ 21 milhões), Secretaria da Educação (R$ 14 milhões) e outros órgãos.

Por: Opinião Pública/ Da Redação/ Fonte/ Bahia.Ba

Faça aqui seu comentário!