Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Ex-vereador e policial civil “Lula da Civil” falece vítima de infarto.

ByLéo Feitosa

set 6, 2018

Faleceu na tarde desta quinta-feira, 06 de setembro de 2018, o ex-vereador e agente da policial civil de Teixeira de Freitas, Luís Henrique Ressurreição de Souza, “Lula da Civil”. Segundo informações Lula teria passado mal, e em seguida foi encaminhado para o Hospital Sobrasa.

Porém após algumas complicações nos eu quadro clínico, não resistiu e veio a óbito. Pelos sintomas supõem-se, que o mesmo tenha sido vítima de um infarto fulminante ou um AVC.

Luiz Henrique servia à Policial Civil há quase 30 anos, e com relevantes serviços prestados, combateu o crime organizado em suas várias formas, é por seu reconhecido trabalho, tornou-se vereador eleito em Teixeira de Freitas no ano de 2008. Presidente da Câmara de Vereadores de Teixeira de Freitas, fez história ao devolver dinheiro para a casa, algo até então inédito entre os presidentes anteriores.

Leia também!  CTA realiza atendimento especializado para Infecções Sexualmente Transmissíveis; saiba como obter os serviços.

Lula sempre foi participativo nas ações benéficas do município e da região, sempre preocupado com o próximo. Sua liderança e experiência o fez secretário de agricultura e de segurança municipal, e sua inteligência o levou também a ser presidente do Clube Jacarandá, onde voltou a dar vida a um dos principais clubes da região. Lula era casado com a escrivã de Polícia Civil, Sueli, tinha quatro filhos e um neto. O corpo de Lula segue no Sobrasa e deverá ser levado ao IML de Teixeira de Freitas para necropsia que deverá identificar as causas da morte.

Leia também!  Confira detalhes da cerimônia de encerramento da 9ª edição do Festival Gastronômico, que ocorreu na última quarta-feira, dia 03 de agosto.

O horário do velório e sepultamento deverá ser divulgado em breve pela família. O Liberdade News, que acompanhou toda a trajetória de Lula, presta aqui os seus mais sinceros votos de pesar.

 

Por: Opinião Pública/ Fonte: Liberdade News

Faça aqui seu comentário!