Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Ex-Ministro Geddel Vieira Lima, passa Natal sem regalias na Papuda.

ByLéo Feitosa

dez 25, 2018

A vida do ex-ministro Geddel Vieira Lima, definitivamente não está na melhor de suas fases. Ele é réu no Supremo Tribunal Federal por lavagem de dinheiro e associação criminosa no caso dos R$ 51 milhões encontrados em malas em um apartamento na capital baiana, Salvador.

Desde então impetrou diversos recursos na Justiça Federal, na tentativa de um habeas-corpus, que lhe permitisse ficar em liberdade até que seu caso fosse julgado, não obteve êxito, e teve de passar a noite de Natal na Penitenciaria da Papuda em Brasília sem muitas regalias, sem ceia especial, sem troca de presentes dos amigos secretos, e sem a visita do bom velhinho, o Papai Noel.

Leia também!  Prefeitura de Medeiros Neto entrega uniformes para servidores da Secretaria Municipal de Educação.

Em nota a Secretaria de Segurança Pública, responsável pelo presídio, informou que não há previsão de cardápio diferenciado na segunda-feira (24), nem nesta terça-feira (25).

Além de Geddel, estão presos na Papuda o ex-senador Luiz Estevão e o ex-senador Acir Gurgacz (PDT). Nenhum dos três tem direito ao saidão de Natal, que liberou 1.109 presos no regime semiaberto na última sexta (21).

Leia também!  "E o trabalho não para!": Projeto Corujão da Prefeitura de Teixeira de Freitas realiza atendimentos pré-agendados da regulação no Ambulatório Central.

Os detentos com direito a saidão devem retornar à Papuda até as 10 horas da manhã da quarta (26). Caso contrário, passam a ser considerados foragidos e perdem o direito ao benefício nos próximos feriados.

Dentro da prisão preventiva, não há hipótese de mudança para o semiaberto – e nem prazo definido para a soltura.

Geddel chegou a pedir mudança para a prisão domiciliar, mas a tentativa foi rejeitada.

Por: Opinião Pública/ Da Redação/ Fonte/ G1

Faça aqui seu comentário!