Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Eunápolis/ Polícia localiza jovem que ameaçava fazer massacre em faculdade de Eunápolis.

ByLéo Feitosa

mar 23, 2019

Busca e apreensão foi realizada na casa do estudante, em Santa Cruz Cabrália, com autorização da justiça. A arma de fogo que um adolescente ameaçava usar em um suposto ataque a uma universidade particular em Eunápolis foi apreendida na casa dele, na manhã desta sexta-feira (22), na cidade de Santa Cruz Cabrália.

Segundo a Polícia Civil, o jovem de 17 anos, que é aluno do primeiro semestre da Faculdade de Direito Unesulbahia, usaria um revólver calibre 38 no massacre. “Ele fazia postagens nas redes sociais em tom ameaçador a colegas”, diz o delegado Moisés Damasceno.

Em uma das postagens, diz a polícia, o adolescente chegou a dizer: “Quem mata é Deus, eu só atiro”. Em outro momento, ele declara: “Já falei, só não ficar perto de quem vai ser alvejado kkkk”.

Leia também!  Prefeitura Municipal abre jogos das quartas de final da Copa Comércio de Futsal de Medeiros Neto.

Na página do estudante no Facebook observam-se pouquíssimas postagens, com destaque para seu perfil com a bandeira do Brasil tremulada ao fundo e a mensagem “os fins justificam os meios”, logo abaixo de seu nome.

Já na quinta-feira (21), em seu storie, havia uma imagem, tendo ao fundo peças de roupas escuras e uma luneta. Nesta postagem, ele declara: “Preparatório. Amanhã será um grande dia”.

De acordo com o delegado, a busca na casa do estudante foi autorizada na noite de quinta-feira, pela Juíza Michelle Menezes Quadros, da 2ª Vara Crime da Comarca de Porto Seguro.

Leia também!  Elmar Nascimento envia emenda para novos equipamentos no aeroporto 9 de Maio e retorno dos vôos comerciais.

O adolescente mora em Santa Cruz Cabrália, em uma casa de alto padrão, toma remédio controlado para depressão e é filho de uma professora e de um delegado de polícia aposentado do estado Amazonas (já falecido).

Ele alega que tudo não se passava de uma brincadeira.A Polícia Civil alerta que já estão circulando na cidade e região vários tipos de ameaças do tipo e orienta que evitem “brincadeiras” da espécie, pois ações policiais serão adotadas em face daqueles que assim procederem.

As investigações ficarão a cargo da Delegacia Territorial de Santa Cruz Cabrália.

 

Por: Opinião Pública/ da Redação/

Faça aqui seu comentário!