Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Envolvido em acidente de carro que vitimou jovem na Av. Getúlio Vargas no último domingo (31/03) paga fiança e responderá o crime em liberdade.

ByLéo Feitosa

abr 2, 2019

Teixeira de Freitas: O veículo envolvido no acidente da Avenida Getúlio Vargas, na noite deste último domingo (31), que deixou um vítima fatal, uma em estado grave na UTI, e outro com clavícula e braço quebrado, foi tomado de assalto na cidade de Serra/ES, na data de 25 de fevereiro deste ano, quando a proprietária foi abordada por um suspeito, que lhe apontou uma arma tipo pistola, e anunciou o assalto, levando o veículo, modelo Toyota/Corolla, de cor preta, placa policial PPS 8599 (original de registro).

Porém, o veículo estava ostentando placa policial PPW 3228, de um veículo similar, porém de cor prata, que teve a sua placa furtada na mesma data do roubo do veículo acima relacionado no acidente. Tanto o roubo do veículo quanto o furto da placa foram registrado em boletins de ocorrência policial, na cidade de origem.

Leia também!  Confira detalhes da cerimônia de encerramento da 9ª edição do Festival Gastronômico, que ocorreu na última quarta-feira, dia 03 de agosto.

Os militares da Polícia Rodoviária Estadual, após fazerem consulta no Sistema Integrado das Forças Policiais, constataram o uso de outra placa no veículo, sendo informado de imediato, ao delegado titular, Ricardo Amaral.

O delegado se deslocou com investigadores do SI, e, os policiais da PRE que atenderam à ocorrência, até o HMTF, onde as vítimas estavam em observação. Foi dada voz de prisão para Anderson da Silva Mansões, 29 anos, e Edson Igor Moreira Oliveira, 22 anos, que após terem alta médica foram conduzidos para a Delegacia de Polícia, onde foram ouvidos pelo delegado, Ricardo Amaral. Após as oitivas, Anderson foi flagrateado por homicídio culposo qualificado (quando não há intensão de matar) e lesões corporais culposa, cometidas pelo agravo de influência de álcool.

Leia também!  Prefeitura realiza ampliação em instituições de ensino público em Teixeira de Freitas.

O Anderson ficou preso à disposição da Justiça. Já o Edson Igor, que assumiu que o veículo estava em sua posse, foi flagrateado por receptação de veículo roubado, sendo arbitrada fiança. Como o Edson pagou a fiança, ele foi liberado e irá responder em liberdade.

 

Por: Opinião Pública/ Da Redação/ Com Informações de/ Cloves Neto/ Liberdadenews

Faça aqui seu comentário!