Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

“Deu Ruim” Bolsonaristas rejeitam possível ida de Temoteo Brito para o PSL, e acusam ex-vereador Gonzaga de ter “Vendido o Partido” para o prefeito.

ByLéo Feitosa

maio 10, 2019

Definitivamente o prefeito Temoteo Brito, com seus 80% de reprovação administrativa dentro do município de Teixeira de Freitas-BA, tornou-se Persona non grata onde quer que pise seus pés. Após anúncio nos principais portais de notícias, de que o ex-candidato a dep. federal, e atualmente pré-candidato a prefeito pelo referido município,  o ex-vereador Caio Checon, teria recebido o convite do Dep. Federal Paulo Magalhães, para presidir o PSD em Teixeira de Freitas, Temoteo Brito, passou a ficar em uma situação bastante incômoda, diante de um cenário que beira o caos.

 

Isto porque a militância bolsonarista em Teixeira de Freitas, ver como uma “traição” a seus ideias políticos, ter alguém como Temoteo Brito, que responde a dezenas de ações por improbidade administrativa, corrupção ativa e passiva, lesão ao erário público, nepotismo, dentre tantos outros processos, sejam estes abertos através de Ações Civis Públicas, ou por meio Inquéritos Civis, propostos pelo Ministério Público Estadual, e também pelo Ministério Público Federal.

Leia também!  Prefeito Beto Pinto reúne agentes comunitários de saúde e de combate às endemias para tratar sobre novo piso salarial.
 
O fato é!

O prefeito Temoteo Brito e sua base dentro da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, quase que em sua totalidade (com exceção dos vereadores Agnaldo da Saúde e Ronaldo Baitakão) apoiou a candidatura e vitória não apenas do atual Governador da Bahia, Rui Costa (PT), como também do ex-candidato a presidente da republica, Fernando Haddad (PT), derrotado por Bolsonaro (PSL) nas eleições de outubro do ano passado. 

A Presidente do PSL na Bahia, a deputada federal Dayane Pimentel, por sua vez, foi alvo de duras críticas em diversos grupos do partido do presidente Jair Bolsonaro no estado.

Em visita ao gabinete de Dayane, Timóteo Brito acompanhado do prefeito do município de Alcobaça Léo Brito, além dos vereadores Joris de Gel Lopes, Ronaldo Cordeiro (Baitakão) Bernardo Cabral, e o líder do PSL no município o ex-vereador Gonzaga, foram tratados como aliados.

Leia também!  Mais agilidade na saúde: Tem consulta pré-agendada? Fique alerta para a ligação da Prefeitura.

Nas redes sociais no entanto a suposta ida de Temoteo Brito e sua turma para o PSL, não agradou muito aos eleitores do presidente Bolsonaro, e a militância de direita partiu pra cima, rejeitando veementemente qualquer tipo de aproximação do gestor municipal, seja a nível nacional ou estadual.

Em um dos comentários a repórter investigativa e uma das precursoras do Movimento Bolsonarista, Viviane Moreira, afirma que o atual presidente do PSL em Teixeira de Freitas, o ex-vereador Gonzaga, não teria ajudado em nada na vitória de Bolsonaro no município, e afirma que o mesmo é um  “OPORTUNISTA que VENDEU O PARTIDO” para um prefeito corrupto.

Acompanhe as críticas publicadas pela militância bolsonarista em um grupo do Facebook, contra a atitude da Dep. Federal Dayane Pimentel.

Por: Opinião Pública/ da Redação/

Faça aqui seu comentário!