Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Campanha online mobiliza mais de dois milhões contra reajuste dos salários do STF.

ByLéo Feitosa

nov 11, 2018

Mais de dois milhões de assinaturas já foram declaradas em uma campanha online contra o reajuste de 16,38% no salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal, aprovado pelo Senado na quinta-feira (8). A iniciativa foi feita pelo Partido Novo, que também entrou com uma petição para que o presidente Michel Temer vete o aumento.

A sigla alega  que o reajuste “causa enorme impacto fiscal em todos os Estados brasileiros, devido a alteração do teto de salários do funcionalismo público”. De acordo com o Estadão, se sancionado o projeto de lei que prevê o aumento, a remuneração dos ministros passará de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil mensais.

Leia também!  Prefeitura No Seu Bairro acontece no distrito de Cachoeira do Mato, na próxima sexta (22); confira a programação.

Cálculos feitos por consultorias da Câmara dos Deputados e do Senado apontam que o chamado “efeito cascata” causado pela expansão do teto do funcionalismo público pode custar cerca de R$ 4,1 bilhões. Estados que enfrentam crises financeiras, como o Rio de Janeiro e Minas Gerais, poderão sofrer para cobrir o aumento na folha de pagamento dos servidores.

Leia também!  Mucuri: Transporte escolar com qualidade e segurança retorna ao município de Mucuri.

 

Por: Opinião Pública/ Fonte: Bahia Noticias

Faça aqui seu comentário!