• 4 de outubro de 2022 19:16

Azul Linhas Aéreas encerrou nesta sexta-feira, 14 de janeiro os voos comerciais em Teixeira de Freitas por falta de infraestrutura e segurança no aeroporto 9 de maio.

ByLéo Feitosa

jan 14, 2022

 

A empresa de aviação comercial Azul Linhas Aéreas encerrou suas atividades em Teixeira de Freitas. O último voo vindo de Belo Horizonte pousou ás 09h30 desta sexta feira (14) no Aeroporto 09 de Maio.

 

A gerente de operações do aeroporto, a Srª Camila França, afirmou que a empresa encerrou as atividades no município de Teixeira de Freitas, em virtude da falta de alguns equipamentos de navegação no 09 de Maio e a falta de pessoal de apoio, em parte de responsabilidade do poder público.

 

 

O aviso do final das operações da Azul em Teixeira de Freitas já vinha circulando desde o final do ano passado, com as sucessivas alertas que denunciavam a falta de condições para as operações das aeronaves, em razão da falta de alguns equipamentos de navegação no aeroporto 09 de Maio.

Leia também!  "Gestão do trabalho!": Marcelo Belitardo inaugurou a Creche Emanuelle Matos Rodrigues nesta quarta (14/09), no Estância Biquíni.

 

 

No mês de novembro do ano passado, a empresa informou que o fim das operações seria a falta de infraestrutura no aeroporto, que não disponibilizava dois importantes instrumentos de auxílio à navegação aérea. O que em síntese comprometia a segurança dos voos, e podia impactar a operação em caso de mau tempo.

 

O esquipamentos são:

 

IFR-IMC, procedimento que permite a operação dos voos mesmo em condições meteorológicas adversas; e o PAPI, sistema de luzes que provê auxílio visual da cabeceira da pista do aeroporto.

 

Na época a Azul informou que os instrumentos são essências principalmente quando as condições meteorológicas adversas são registradas na cidade, como aconteceu no final do ano passado.

 

 

 

“A decisão de suspender a venda de voos é uma maneira de a empresa solicitar as autoridades locais e à administração aeroportuária a adequação e certificação do aeroporto junto à Anac, possibilitando a manutenção das operações na cidade”, explicou a companhia.

 

A gerente de operações do aeroporto, Camila França disse que, a suspensão das atividades da Azul em Teixeira de Freitas, não foi por falta de clientes e nem por excesso de chuva.

Leia também!  Campanhas para vacinação pentavalente e contra a poliomielite ocorrerão no próximo sábado (24); confira UBS que irão oferecer os serviços.

 

“Ano passado foram 300 voos, apenas 22 foram cancelados, ou seja, apenas 07%, isso é o mínimo, então, na minha opinião, essa decisão da Azul, é questão política”, disse Camila,

 

A gerente disse que não acredita que a Azul volte a fazer pouso no 09 de maio em pouco tempo.

 

Camila explicou que as passagens compradas antecipadamente foram canceladas e a empresa disponibilizou um 0800 para resolver os problemas com os clientes.

 

Por: Opinião Pública/ DA REDAÇÃO/

Faça aqui seu comentário!