Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

Atividades homenageiam 120 anos do nascimento de Anísio Teixeira.

ByLéo Feitosa

jul 15, 2019

“Ser patrono da educação significa que meu pai pensou a educação do berçário à idade adulta. Essa visão macroscópica foi muito original em termos de Brasil, em termos de Bahia. Por isso, talvez, a figura de patrono tenha lhe cabido”.

A reflexão sobre Anísio Teixeira, patrono da Educação na Bahia, é do filho dele, professor Carlos Teixeira, e foi feita durante lançamento do projeto ’2020: Ano Anísio Teixeira’, dando início às comemorações pela passagem dos 120 anos do educador baiano. A data do lançamento do projeto foi escolhida por marcar o dia de nascimento do educador, 12 de julho de 1900, na cidade de Caetité.

A cerimônia, no Instituto Anísio Teixeira (IAT), foi transmitida por videoconferência e pelo Youtube, nas redes sociais do IAT e da Secretaria da Educação do Estado, e contou com a presença do secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues.

Segundo o secretário Jerônimo Rodrigues, “todo este ano em homenagem aos 120 anos de Anísio Teixeira será de ações em reconhecimento às contribuições que ele deixou para a Bahia, para o Brasil e para o mundo, vinculando isso à nossa política estadual de aprendizagem”.

Caravana Anísio Teixeira

Uma das ações previstas é a Caravana Anísio Teixeira. Segundo o reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia, Naomar Almeida, a comissão empossada o projeto ‘2020: Ano Anísio Teixeira’ vai fazer a sua primeira reunião em Caetité.

Leia também!  Prefeito Beto Pinto traz ensino médio de volta para a cidade após convenio com o estado para construção de escola em tempo integral.

“Nós vamos em caravana até Caetité, passando pelos campi das universidades em Feira de Santana, Jequié, Amargosa, Conquista, e em cada um deles, vamos fazer uma discussão debatendo o significado de Anísio e porque é tão importante resgatar o pensamento dele hoje”.

O projeto ‘2020: Ano Anísio Teixeira’ tem a proposta de reunir diversas outras atividades, a exemplo do projeto para a implantação de um museu sobre o educador no IAT; do apoio à Casa Anísio Teixeira; do concurso de produção audiovisual; da reedição de livros sobre a vida e obra do educador, além de ações formativas, jornadas de planejamento pedagógico e realização de simpósios.

A programação envolverá, ainda, a Caravana Anísio Teixeira, que sairá de Salvador até Caetité, divulgando e mobilizando a sociedade e as instituições de ensino da Bahia, inclusive as de Ensino Superior para o projeto.

Anísio Teixeira

Anísio Spínola Teixeira foi bacharel em direito, gestor público, intelectual, educador e se tornou personagem importante na história da educação no Brasil. Nas décadas de 1920 e 1930, ele difundiu as ideias do movimento denominado ‘Escola Nova’, cujo foco foi a renovação pedagógica da escola.

No período de 1924 a 1928, Anísio Teixeira conduziu, na Bahia, a gestão de governo para a educação, empreendendo a tarefa de avaliar as condições materiais e pedagógicas das escolas baianas.

Já no período entre 1947 e 1950, uma de suas iniciativas mais importantes como secretário de Educação e de Saúde foi a construção do Centro Popular de Educação Carneiro Ribeiro, popularmente conhecido como Escola Parque, localizada na Caixa D’água, em Salvador, fundada em 1950.

Leia também!  Prefeitura de Medeiros Neto entrega uniformes para servidores da Secretaria Municipal de Educação.

A escola fez parte de um grandioso projeto que consolidou a Educação Integral na pedagogia brasileira.



Fonte: Repórter: Raul Rodrigues (SECOM-BA)

Por: Portal Opinião Pública/ Da Redação/

Faça aqui seu comentário!