• 4 de outubro de 2022 20:07

Acusado de matar vendedor em Eunápolis há dois anos e meio, “Wagner Cigano” é assassinado em Canavieiras.

ByLéo Feitosa

ago 22, 2022
Foragido de Eunápolis há mais de dois anos e meio, onde era acusado de matar um jovem durante uma festa, Wagner Ramos Lacerda, 33 anos, foi assassinado na noite de domingo (21), em Canavieiras, no Sul da Bahia.

“Wagner Cigano”, como era mais conhecido, voltava a cavalo de uma vaquejada, quando, segundo a polícia, foi surpreendido por dois motoqueiros em uma avenida movimentada do centro da cidade. Atingido por vários tiros, ele morreu no local.

Leia também!  Cadastro socioeconômico para regularização fundiária de imóveis no Liberdade I começa na próxima quinta (15); saiba mais.

Conforme apurou a reportagem, Wagner era investigado pelo assassinato do vendedor Gabriel Henrique de Almeida Leite, 25 anos. O jovem foi baleado no dia 21 de dezembro de 2019, numa festa de som paredão no distrito de Ponto Maneca, zona rural de Eunápolis. Ele morreu 14 dias depois no Hospital Regional.

Pouco dias depois após a morte do vendedor, a 1ª Vara Criminal da Comarca de Eunápolis decretou a prisão preventiva de “Wagner Cigano”, que desde então passou a ser considerado foragido.

Leia também!  Campanhas para vacinação pentavalente e contra a poliomielite ocorrerão no próximo sábado (24); confira UBS que irão oferecer os serviços.

Segundo testemunhas, além de atirar no vendedor, Wagner ainda atingiu um amigo dele com uma garrafada. A confusão começou porque o acusado teria provocado um grupo de amigos que participava do evento.

A Polícia Militar de Canavieiras informou que, logo após o crime, realizou um acompanhamento tático, mas não conseguiu prender os autores do homicídio.

Fonte: Radar64

Por: Opinião Pública

Faça aqui seu comentário!