Portal Opinião Pública "Jornalismo com independência e imparcialidade!"

A casa caiu: Polícia Militar prende homem após furto em Posto de Saúde de Rancho Alegre.

ByLéo Feitosa

set 29, 2019

Homem furta televisor em Posto de Saúde em Rancho Alegre, distrito de Caravelas, e acaba preso logo depois por policiais militares, na manhã de sábado, 28 de setembro.

Sérgio Rodrigues, de 37 anos, teria chamado um adolescente de 17 anos para poderem realizar o furto. O Posto, então, foi invadido, sendo subtraído uma televisão de 32 polegadas, que foi levada para residência do Sérgio, localizada na rua Projetada, no bairro Portelinha.

O acusado retornou com um carrinho de mão para pegar mais coisas, sendo dois ventiladores; um computador completo e uma botija de gás. Ao tentar sair, ele foi surpreendido pelo vigilante, que estava chegando para trabalhar, e deixou o carrinho para trás, se evadindo do local. A Polícia Militar foi informada, e compareceu no distrito, localizando o acusado em sua casa, juntamente com o televisor.

Leia também!  Deputado federal Uldurico Jr. destina mais de um milhão de reais em equipamentos para o Hospital Municipal de Medeiros Neto em parceria com o Governo do Estado.

 

Sérgio assumiu o furto, sendo conduzido para a sede da 8ª Coorpin, em Teixeira de Freitas, e apresentado para o delegado Maderson Souza, que se deslocou para receber a guarnição, juntamente com o acusado.

O menor também foi conduzido para a delegacia. Após as oitivas, o delegado flagranteou Sérgio por furto qualificado no artigo 155, do Código Penal, sendo ele encaminhado para carceragem, onde se encontra à disposição da Justiça.

Leia também!  Medeiros Neto 64 Anos: Gerson Rufino faz público se emocionar em noite de louvor na Praça da Prefeitura.

O adolescente foi ouvido, negou sua participação no furto, mas, confirmou ter sido convidado para realizar a ação.

O delegado realizou os procedimentos cabíveis, que serão encaminhados para a apreciação do Ministério Público e o adolescente foi liberado na presença de familiares.

 

 

Fonte: Liberdadenews

 

Por: Opinião Pública/ Da Redação/

Faça aqui seu comentário!